Emenda de R$ 2 milhões do deputado Celso Jacob garante avanços no campus Três Rios da UFRRJ

Repasse permite a construção de refeitório, aquisição de equipamentos, criação de sistema de vigilância e reforma da fachada

Uma emenda de R$ 2 milhões enviada pela deputado federal Celso Jacob (PMDB/RJ) para investimentos no campus Três Rios da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro tem proporcionado transformações importantes na estrutura da unidade de ensino superior. O repasse já permitiu a aquisição de modernos equipamentos de TI, lâmpadas de LED e aparelhos de ar condicionado split para substituição em todo o prédio. Além disso, os recursos também vão garantir a instalação de um circuito fechado de TV para vigilância com objetivo de ampliar a segurança no campus, a cobertura entre as duas torres do prédio, criação de áreas de convivência no térreo e no terceiro pavimento, reforma completa da fachada e a construção de um refeitório, que terá a obra iniciada em janeiro.

Auditório Mauro Matos, inaugurado em outubro de 2015.

Esta é a terceira emenda encaminhada pelo deputado Celso Jacob para o desenvolvimento do campus Três Rios. “Com a emenda anterior foi possível finalizar a construção do auditório Mauro Matos, um desejo antigo de toda a comunidade acadêmica, inaugurado em outubro de 2015. Como as necessidades não param e os investimentos devem continuar. Nosso objetivo é proporcionar e ampliar o ensino superior público de qualidade atendendo a essas demandas, e a emenda de R$ 2 milhões proporcionará avanços muito importantes para o campus. As aquisições de materiais já começaram e todas as obras previstas serão concluídas até o final de 2017”, destaca Celso Jacob.

Paulo Henrique Correia Chaves, diretor do campus de Três Rios da UFRRJ. (André Ferreira)

De acordo com Paulo Henrique Correia Chaves, diretor do campus, a escolha das áreas para aplicação dos recursos foi feita a partir de reuniões com o conselho de campus e o conselho de unidade. Eles explica que a construção do refeitório seguirá um modelo diferente dos existentes na UFRRJ. “É um anseio antigo da comunidade acadêmica porque apenas o campus Três Rios não tem. Porém, chamamos de refeitório e não de restaurante porque não haverá cozinha, a alimentação será terceirizada. Vamos contratar uma empresa com os recursos da bolsa alimentação para oferta da alimentação pronta. Além disso, a ideia é que seja um espaço multiuso, proporcionando um ambiente que possa ser usado para reunir e receber pessoas após eventos, palestras, defesas de monografias. Será construído em uma parte do estacionamento e terá ligação com o auditório”, esclarece.

O refeitório será o mais moderno da UFRRJ, com construção sustentável. “Haverá sistema de captação da água das chuvas para irrigação dos jardins e uso nos banheiro, além de placas fotovoltaicas para absorção de energia solar. Vamos diminuir despesas com essa ação e, para o futuro, queremos tornar o campus completamente autossustentável, é uma tendência”, completa o diretor.

O campus Três Rios atende entre 800 e 900 alunos em quatro cursos superiores e conta com 120 servidores, entre técnicos e docentes. Paulo Henrique considera que a emenda enviada pelo deputado Celso Jacob chega em bom momento para o campus. “A universidade como um todo tem vivido momentos de muita dificuldade com relação ao orçamento, sofremos cortes nos investimentos. Então, essa emenda contribui muito para mantermos o campus e os pilares da proposta de educação superior pública de qualidade”, explica Paulo.

No ano passado, um terço do total da verba encaminhada para a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro foi destinado para Três Rios. Segundo o diretor, a ideia é tornar o campus uma referência para toda a universidade, o que só será possível através de investimentos. “Sempre buscamos parceiros para proporcionar encaminhamento de emenda parlamentar, e em Três Rios isso seria feito com muito mais dificuldade e até com risco de não conseguirmos.

”, finaliza o diretor.

Relacionados