Comissão aprova transporte para estudantes de nível superior e técnico

Deputado prossegue sua luta pela telefonia móvel nos distritos da região copyA Comissão de Educação da Câmara aprovou na quarta-feira proposta que pretende viabilizar o transporte intermunicipal e interestadual de estudantes carentes de nível superior e tecnológico.

Pela proposta, os alunos desses cursos poderão utilizar à noite os ônibus comprados por estados e municípios – por meio de programas federais – para o transporte de estudantes da educação básica.

O texto aprovado é o substitutivo do relator, deputado Celso Jacob (PMDB-RJ) ao Projeto de Lei 5350/13, do deputado João Ananias (PCdoB-CE).

Inclusão no Pronatec

Em seu substitutivo, Celso Jacob incluiu a medida na lei (12.816/13) que altera o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), “desde que não haja prejuízo da utilização dos ônibus escolares e kombis para a educação básica e infantil”. O texto pretende facilitar o acesso à educação superior e técnica para outras cidades, desde que não tenha o curso desejado na cidade local.

Segundo João Ananias, apesar de haver um processo de ampliação do ensino superior e técnico no País, os estudantes carentes estão com dificuldade de acesso devido à falta de transporte.

“Com a expansão das universidades públicas, dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia e dos polos da Universidade Aberta do Brasil, milhares de estudantes pobres tiveram acesso à educação”, diz João Ananias.

Para o deputado, o transporte se tornou um problema, pois muitos estudantes carentes, moradores de cidades, distritos e vilas, que poderiam usufruir dessa expansão, estão impedidos, por não poderem bancar o transporte.

Tramitação

O projeto ainda será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

Fonte: http://www.atribuna.com.br

Relacionados